terça-feira, novembro 18, 2008

Meu momento retrô...



É galera, não sei se já escrevi isso aqui, mas sou bem brega... Huahuahauha, e bota brega nisso.
Para provar essa minha vertente diferenciada, vou colocar 2 links aqui de pérolas do Rei Roberto Carlos. Do nada essas maravilhas brotaram em minha mente e resolvi relembrá-las, uahuahaa... Herança dos pais, fazer o quê?
Bem, é isso aí.
É brasa mora!

As várias formas de amar...




Em uma noite qualquer, numa balada qualquer, ele a conheceu. Tão linda, tão quieta, tão na sua. Claro que ele se encantou só em olhar; claro que ela nem quis saber dele. O rapaz não poderia deixar esse momento passar, então tentou quebrar o gelo com algumas palavras que, de cara, não surtiram nenhum efeito. Ele não desistiu! Sentiu algo especial naquele momento e continuou a conversar, até agora sem sucesso. Mas ela era menina especial, seu gelo foi quebrando e, após alguns minutos, ela sorriu. Pouco depois, ele a convida para saira, mas suas amigas a levaram, antes mesmo de qualquer reação. A agonia tomou conta do pobre rapaz, que até agora só curtia a vida para esquecer antigas mágoas. Ele precisava encontrá-la novamente.

Dois dias se passaram. Dois dias de constantes buscas e pesquisas. O menino era mesmo surpreendente: encontrou a jovem que tanto o encantou. Mas não a encontrou em qualquer lugar, nem em outra balada. Encontrou a linda menina num lugar onde você, que agora lê esta história, passa muitos minutos do seu dia. Sim, ele a encontrou na internet. Os tempos são outros, e a forma de se relacionar também. E foi justamente num site de relacionamentos - como ele pensava nessa palavra... relaciomanento - que eles voltaram a se falar. Meses se passaram e, aos poucos, o rapaz foi quebrando as barreiras e conquistando a confiança da linda garota. Eles, então, começaram a se falar por meio de mensagens instantâneas. O carinho foi crescendo entre os dois, que tinham muita coisa em comum. Enfim, um dia eles se declararam.

Uma semana se passou desde então. Chegou a hora do tão esperado reencontro, agora com a certeza que eles se amavam. Ele morava longe, então pediu para que a moça o esperasse na praça mais famosa da sua cidade e, assim que os ventos lhe tocassem o rosto, ela teria a certeza que ele estava para chegar. Como prometido, o rapaz levava uma linda rosa em suas mãos; ele era pura felicidade. Enquanto isso, no local combinado, sua amada o esperava. Horas se passaram e o que era ansiedade virou raiva. Ela não poderia acreditar, muito mesnos aturar um "bolo" desses. Esbravejando pelas ruas, a jovem voltou para sua casa e entrou na internet para dizer poucas e boas para o "furão". Mas nada dele estar lá. Naquele momento, estava decidida: tudo estava acabado, antes mesmo de começar!

Dois dias se passaram sem que a menina entrasse na internet. Ela não se agüentava mais, tinha que dizer umas verdades para aquele que se dizia tão apaixonado. Decidiu ligar para ele. O telefone tocou algumas vezes e nada. Ela tenta mais uma vez e uma voz fraca atende. Ao perguntar pelo jovem, ela escuta a triste notícia: o rapaz, ao atravessar a rua, destraiu-se com sua rosa que caíra no chão. Foi o bastante. Um carro desgovernado tirou a vida do pobre rapaz, que levava com ele apenas sua rosa e um bilhete onde dizia: "Até hoje o amor brincava de esconde-esconde comigo. Pois é, chegou o dia de encontrar a felicidade. Muito obrigado minha linda!".
Sem saber o que fazer, a menina entra em choque. O desespero toma conta do seu coração, seu amor se foi.

Segundos depois, a triste menina sente uma brisa tocar-lhe o rosto, enxugando suas lágrimas. Não era uma brisa qualquer; ela tinha aroma de rosas. O sorriso apaixonado e ansioso volta ao rosto da jovem. Naquele momento, ela sabia que amado não a tinha abandonado, eles estavam mais unidos do que nunca. Agora, por toda a eternidade.



Humberto Araújo Melo.



P.S.: Eu sei, eu sei. A história 'tá meio gay e trágica, né? Bem, a história é de amor e não poderia ser diferente. Quanto ao cara, pra mim é assim: a sociedade é tão machista que, em minhas histórias de amor, sempre que possível, o rapaz vai morrer e a minazinha vai saber o quanto é amada.
Obrigado pela atenção e um beijão para todas as mulheres!

sábado, novembro 15, 2008

Expectativas que me levam além...

Fala galera...

Hoje o dia está realmente bonito, com um baita céu azul. Mas o que realmente me impressionou foi a lua de ontem. Parecia uma moeda dourada no meio da noite... Era algo tão bonito que me dava mais energia para correr pela praia. E foi assim, correndo e admirando a lua que eu comecei a pensar na vida (mais uma vez). Algumas coisas têm me motivado, me levando além. Essas mesmas coisas me criam boas expectativas, mas eu não me engano com elas. A vida me ensinou a absorver o melhor de cada situação, mesmo que nem sempre o final seja o esperado por mim. Se eu não alcançar aquilo que desejo nesse momento, não ficarei triste. Afinal, terei aprendido mais uma bela lição.

Equanto eu não tiver a certeza do desfecho dessa história, vou correndo e admirando as belezas dessa vida, como o céu azul de um lindo dia e a lua que brilha durante a noite.

É isso!
Abraço.

segunda-feira, novembro 10, 2008

Correndo atrás...




E aí, meus queridos (e poucos) amigos da internet...


Faz tempo que não posto nada, né? Pois é, além do fato do meu PC estar meia-boca, eu fiquei refletindo durante minhas corridas na praia. Sim, finalmente estou criando o hábito saudável de correr, uahuaha...


Bem, enquanto corria, fiquei pensando muito sobre nossas "vontades"... Acredito que boa parte da força que move o ser humano vem das suas vontadades - algo me motivou a criar vergonha na cara e correr um pouco para cuidar da saúde, por exemplo. Por isso, acho que nos limitar apenas a pensamentos e sonhos não é legal. Temos que sonhar e correr atrás do que queremos com muita intensidade. Um dia eu ainda quero escrever uns livros, porém, pouco leio. Tenho vontade de ser roteirista de cinema, porém, pouco tenho acompanhado os sucessos da telona. Sinto que falta algo para me impulsionar em busca dos meus sonhos, algo ou alguém que me inspire.


Enquanto esse algo ou alguém não aparece, eu continuo correndo na praia, para manter a forma e a mente sempre limpa.


É isso aí!

Abraços...


^^

terça-feira, setembro 30, 2008

Ei, você... Ei...

Tantas coisas para falar e não falei
Olhei, parei... Pensei...
Dois, três ou quatro goles; já não sei
Por medo, na primeira vez, eu não tentei

Cansei!
-Força, vamos lá! Está na hora de chegar

-Ei, você.. Ei!
-Sei que não me conhece, mas seu nome eu já sei
Em poucas palavras a ela me expressei
E com o seu não, de um belo sonho acordei



Humberto Araújo Melo - Completamente alienado e sem inspiração, querendo atacar de poeta contemporâneo.

sexta-feira, setembro 12, 2008

Como uma navalha


Ontem uma brisa fria tocou meu rosto
Tinha tanta força, tinha até gosto
Gosto de liberdade, gosto de solidão
Gosto que se misturava ao do sangue que caía no chão

Brisa intensa, brisa forte
Sentia em mim apenas um corte
Um corte de navalha que trazia mais que dor
Trazia com ele um recado de amor
Aumentando a agonia de quem ainda não amou.

Humberto Araújo Melo.

É isso galera. Veio do nada, resolvi postar.
Fiquem na paz!
^^

terça-feira, setembro 09, 2008

Mais um ano de vida...



Fala galera...

Pois é... Meu primeiro post após completar 25 anos, o primeiro quarto de século da minha vida. Que honra! Em pensar que este momento quase nem chegou, graças a um maldito caminhão amarelo, que mais parecia o "Caminhão do Faustão". PQP! Seria o cúmulo da "precisão" morrer pouco depois de um aniversário (comemorar o nascimento morrendo seria "ótemo"), hahaha... Ai, ai, ai... Se a moto em que meu amiguinho beiçudo e eu estávamos não fosse 250 cilindradas, estariam me raspando do asfalto até agora. Hahaha, bem, mas o papo não é sobre minha quase morte, mas, sim, da vida que se renova a cada aniversário. Este pequeno e quase fatal percalço me fez refletir um pouco sobre esses 25 anos de praia e muito charme, garbo e elegância. E olha que lembro de quase tudo, mesmo das coisas dos tempos de bebê (por mais bizarro que pareça, é verdade). Tenho muitas coisas ainda pra conquistar, muito o que melhorar em mim e eu sei que meu coração ainda vai bater mais forte muitas vezes. Passar essa data ao lado de poucos, mas verdadeiros amigos sempre é muito bom. Não seria diferente dessa vez. Por isso, um abraço para o Baboo e o Mané BMG (ahahahahaa)...

É gente. Outra coisa que também aprendi com o passar do tempo é olhar tudo em nossa vida de várias formas, buscando todos os tipos de interpretação e escolher sempre as mais positivas. É isso que vou procurar exercitar cada vez mais daqui pra frente.

Um forte abraço a todos que se lembraram de mim, nem que tenha sido por um segundo.

Fiquem com Deus!

^^

P.S.: "Ô loco, meu! Quase que o menino virou a pizza do Asfaltão... Ô loco meu!"...

segunda-feira, setembro 01, 2008

Algo que eu não sei o que é...

Fala galera...

Pois é, agora eu posto a cada aniversário estelar do planeta Terra (nada exagerado)... Mas é como eu sempre digo (ou deveria dizer): "se é pra escrever qualquer coisa, melhor não escrever". Quem escreve qualquer coisa acaba compondo um funk ou uma balada de axé. Nada contra esses ritmos, mas também nada a favor.

Bem, não tenho um conteúdo específico para este post. Olha que as reflexões não são poucas, mas sei lá. As coisas se embaralham tanto em minha cabeça (nada pequena) que não daria para escrever tudo o que penso em uma ordem coerente. Sinto meu coração bater mais forte, mas nem sei ao certo por quê. Ao mesmo tempo que às vezes fico aflito, sinto uma paz interior. Que doidera ficar escrevendo essas coisas por aqui, né? Geralmente eu converso isso com meu cachorro. Mas o meu eterno confidente morreu há mais de um ano e o meu novo filhotinho ainda é um bebê e não me dá grandes sugestões, mas ele é uma graça (qualquer dia eu posto algo em homenagem ao Lupércio - sim, esse é o nome dele). De qualquer forma, sei que são poucos e raros os internautas que lêem as besteiras que escrevo, por isso eu nem esquento.

Ai, ai... Essas poucas palavras foram uma ótima terapia. Agora posso ir para casa, pedalando minha "Perigosa" (sim, eu dou nome às minhas bicicletas), curtindo o visual da praia e, quem sabe, posso correr um pouco pra perder um peso. O certo é que vou pensando em algo, mesmo sem saber bem o que é!

É isso!
Abraço e fiquem na paz...


^^

segunda-feira, julho 14, 2008

Na eterna busca por respostas...


Momento Job Post.




Fala galera... Pois é! Estou postando aqui mais cedo do que eu imaginava. Não curto muito fazer minhas postagens do trampo, mas também não curto ficar muito tempo sem me expressar. Sei que não é muita gente que lê minhas poucas linhas virtuais, mas é uma boa terapia.

Realmente, eu estava precisando postar algo. Tenho pensado em tantas coisas, tenho observado outras tantas. Reflexões e mais reflexões, esse é meu dia-a-dia. Não vou negar que minha rotina - um tanto estranha, é verdade - tem me ajudado. Está longe de ser comum um rapaz de quase 25 anos ficar assistindo Pantanal quase todas as noites (e gostando, o que é mais grave, hehehe). Esse meu lado retrô não me abandona; tantas lembranças do passado! Acho que eu não estou escrevendo coisa com coisa, né? Devo ter perdido a prática, hehehe...


Bem, quem sabe a inspiração não chega qualquer dia desses, e, com ela, as respostas que procuro.


É isso!

Abraço e fiquem na paz.



^^

segunda-feira, julho 07, 2008

A sinfonia dos grilos...

Era uma vez um blog que deveria ser atualizado. Porém, forças do além começaram a interferir na calmaria que nele reinava. Eis que a pessoa que o "alimentava" parou de escrever; parou de pensar em coisas interessantes. O que fazer para que a paz volte a este pobre blog que não incomodava ninguém? Pois é, enquanto essa resposta não chega, o pobre blog fica largado, ao som da sinfonia dos grilos, esperando o teclar que tanto lhe fazia bem.


É isso!


^^

segunda-feira, abril 28, 2008

Reticência...

Momento Job Post.

Fala galera...

Não sou muito fã de fazer minhas postagens do trabalho, mas como o meu blog está meio largado às traças cibernéticas (se é que isso existe), resolvi abrir mais uma exceção... Aliás, nem tenho muito o que postar, já que meus últimos dias tem sido um tanto vagos nas conclusões de algumas coisas. E que coisas... Sinto que às vezes tenho me omitido, sinto que deixei muitos assuntos sem resolução. Muitas vezes eu sou bem impulsivo, o que geralmente dá em merda. É como eu costumo dizer: o que fode com esse mundo é o excesso de empolgação. Se tudo mundo parasse um pouquinho mais para pensar, não faríamos tanta merda. Bem, e sobre essa questão de parar pra pensar, num outro momento falarei sobre os vários "eus" que uma pessoa pode ter, e o conflito que isso pode gerar. Meu atual "eu" é um cara que sabe que erra muito, mas que vai morrer tentando fazer a coisa certa.
Mas como o papo é sobre coisas que não chegam ao seu fim, seja lá qual for o motivo, nada melhor do que encerrar essas breves linhas sem nenhuma grande mensagem. Ficarei quietinho com meus pensamentos...

...
...
...

segunda-feira, abril 14, 2008

O mofo traz o aroma e os grilos fazem a canção...

Momento Job Post.

E aí galera, tudo beleza? Bem, eu estou sem postar faz um tempão, que duvido que alguém ainda me visite. Mas é assim: tanta coisa pra resolver, tanta coisa no que pensar, decidir que rumo tomar. Mas pra falar a verdade, o maior motivo do sumiço é a morte do meu PC e falta de internet em casa, hehehe... Saibam que estou em momentos de reflexão, então, do nada, pode pintar algo por aqui.

Enquanto isso, meu blog curte o aroma do mofo e a cantoria dos grilos. Assim como eu, solitário.

É isso aí!


^^

sábado, março 29, 2008

Que rumo tomar?



Fala galera.

Pois é, ainda continuo meio sumido e postando do PC do meu irmão. Sabem como é, né? PC fodido é uma dureza danada.

Bem, esse post será bem pessoal, talvez uma reflexão sem muito sentido (ainda). Há alguns dias eu comecei a traçar algumas metas, rumos para minha vida. Ainda estou em processo de planejamento, analisando todas as possibilidades. Acredito que até agora, as coisas me apontam para um ângulo de 45º.

Pois é! A gente vai ficando mais velhinho, crescendo e aprendendo que a vida pode ser um doce, mas às vezes é dura como rapadura.


Um abraço para todos.
Até o próximo post, sabe-se lá quando.



^^

sábado, março 22, 2008

Algumas coisas que eu tenho a dizer sobre a Páscoa



Fala galera.


Meu PC ainda não deu sinal de vida, por isso estou tão ausente. Hoje o post está sendo diretamente enviado do PC do meu irmão, só pra tirar o mofo do blog e matar a saudade desse espaço.


Amanhã é domingo de Páscoa, e eu gostaria de fazer alguns comentários. Antes, vou copiar um pedaço de um artigo postado no Wikipédia (http://www.wikipedia.org/), só para definir melhor a data:


"A Páscoa (do hebraico Pessach, significando passagem) é um evento religioso cristão, normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa da cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo (Vitória sobre a morte) depois da sua morte por crucificação (ver Sexta-Feira Santa) que teria ocorrido nesta altura do ano em 30 ou 33 d.C. O termo pode referir-se também ao período do ano canônico que dura cerca de dois meses a partir desta data até ao Pentecostes."



Às vezes fico pensando como uma data tão importante, que basicamente celebra o amor, pode ter virado algo tão comercial. Aliás, é assim com todas as datas importantes (quando digo importantes, não me refiro só ao âmbito histórico, mas ao conteúdo e mensagens existentes nessas datas). O homem, com o passar do tempo, foi desenvolvendo técnicas de "sobrevivência", onde tirar proveito de tudo é a grande sacada. Bem, só espero que a maioria das pessoas aproveitem esse domingo para pensar na vida, e como fazer para melhorá-la, sem ter que ganhar algo ou prejudicar os outros. Não sou o católico mais fervoroso da Terra (na verdade, estou bem longe disso), mas minha crença e todas as coisas que vivi e presenciei até hoje me dizem que o melhor é acreditar em algo que traga paz e amar sempre.





É isso aí! Um abraço para todos.


Boa Páscoa.

P.S.: Independentemente da religião de quem me visita, deixarei aqui um link para um site de pessoas que vivenciam o melhor da Páscoa: http://www.cancaonova.com.br/. Espero que vocês encontrem boas coisas por lá.

sexta-feira, março 14, 2008

ESSE COMERCIAL EU GOSTARIA DE TER FEITO


Momento Job Post.

Fala galera.

Ando meio sumido, não é? Pois bem, acontece que meu PC resolveu falecer do nada. Se ele não conseguir voltar à vida, a missa de 7º dia será na próxima quarta, ok? Não gosto muito de fazer minhas postagens aqui do trabalho, mas precisava deixar o aviso.
Pra não perder a viagem, aproveito para inaugurar mais um espaço no meu blog. Como sou um jovem redator publicitário em busca de espaço, postarei algumas pérolas da propaganda. Para começar, dois (não muito antigos) produzidos para a Nokia. De cara vocês vão recordar. ESSES COMERCIAIS EU GOSTARIA DE TER FEITO.

Renan, o invisível:
http://www.youtube.com/watch?v=WOoBdkOTRZ4&eurl=http://www.orkut.com/FavoriteVideos.aspx?uid=8896295458339004309

Wilson anda para trás:
http://www.youtube.com/watch?v=gSxSshbdy2Y&feature=related

É isso aí.

Um abraço e até sei lá quando!


^^

domingo, março 09, 2008

Crises da América do Sul


Fala galera...


Hoje não vou escrever muito. Apenas postarei uma HQ que fiz num momento de reflexão sobre as crises (babacas) da América do Sul.


Abraços!!





P.S.: Se a imagem não estiver muito boa, dá um clique nela para visualizar com melhor resolução.

quinta-feira, março 06, 2008

Mais uma do Hopi Hari

Fala galera...

Como prometido, um vídeo captado no Hopi Hari, num momento de loucura e cabeças girando (literalmente). Não façam isso após comer, porque a parada é tensa, hahahaha...

"Muito rápido, porra!"

Abraços!



video

Momento Poeteiro

Fala galera...

Como vocês podem perceber, meu blog mudou um pouco desde o seu começo. As postagens são menos pessoais, tem um 'tiquinho' a mais de conteúdo, mais pessoas me visitam (acho que ninguém me visitava, essa é a verdade) e, é claro, que minhas postagens estão mais freqüentes (apesar de só fazer isso no final de noite, quando já estou 'pregadão'). Até umas amizades eu tenho feito por aqui. Quem diria, né? Essa internet, quando bem usada, é uma maravilha mesmo. Adeus fronteiras do pensar e do conhecer. Por, falar nisso, fiquei de postar aqui um poema que eu fiz em abril de 2006, que fala um pouco sobre as cobranças que fazemos às pessoas (fiquei devendo essa postagem pra minha 'vizinha', hehehe). Por mais que eu já tenha postado alguns poemas no início deste blog, só agora eu inauguro o "Momento Poeteiro". Afinal, é só estar com o pensamento em dia que a sua cabeça vai acabar soltando algo (olha a malandragem do duplo sentido, sacaram?)... Hehehehe, sou bobo, né?

Bem, espero que gostem:


O Sorriso

Eu, assim como muita gente, acredito que o sorriso é janela da alma
Ele não mente, tampouco disfarça
Só acontece quando a alegria se emana,
Quando a tristeza se acaba

Não cobre de ninguém um sorriso
Deixe que ele venha naturalmente
Depois disso, tenha a certeza
Que esta pessoa será feliz eternamente


É, acho que é isso aí amiguinhos. Até uma próxima.

Abraços!

terça-feira, março 04, 2008

Os 3 Patetas...


Foto: Hugo Chávez, Alvaro Uribe e Rafael Correa. Ex-amigos, eternos imbecis.

Fala galera...


Bem, eu não poderia deixar de comentar sobre a crise que se desenrola na América do Sul, entre Colombia e Equador, com pequena participação da Venezuela, do presidente Chávez (que não é o do seriado, mas é cheio de graça).

Fala a verdade: são 3 abobados, né? Porra! Já é difícil pra caraca tomar conta do seu território, agora os caras me inventam de esticar as asinhas latino-americanas para fora das fronteiras? A Colombia se preciptou em mandar bala no 2º cabeça das Farc, Raúl Reyes, que estava num acampamento em solo equatoriano. Mas o Equador também é mais cego que o Stivie Wonder num quarto escuro, pra deixar tal 'malaco' colombiano ir entrando assim por sua fronteira. Bem, é uma parada complicada mesmo, e pra completar, o 'besta maior da América do Sul' inventa de dar mais uma vez o ar da graça (qual?). Isso mesmo, estou falando do gaiato do Chávez de novo. Cara metido e imbecil, que acredita numa vã possilidade de ser "o líder salavador" do nosso continente.


Bem, só espero que o Lula não dê papo (como costuma fazer) pra esses 3 Patetas, que estão longe de ser engraçados. Ainda bem que o Evo 'tá fora dessa... Já pensou?


Abraços!



^^

TRANQUEIRAS QUE PINCELARAM MINHA PERSONALIDADE - Abba



Fala galera.

Como estou aqui resistindo ao sono, resolvi inaugurar uma "nova ala" no meu blog. Assim como o Jacaré Banguela (http://www.jacarebanguela.com.br/), que tem seu momento “coisas que me fazem ter vontade de ter vivido os anos...", resolvi abrir um espaço com as "TRANQUEIRAS QUE PINCELARAM MINHA PERSONALIDADE". Nada mais, nada menos do que o ápice da minha breguice. Isso mesmo! Tenho apenas 23 anos e 18 meses, mas sou muito brega. Como primeiro capítulo, uma homenagem ao Abba. Não sou tão contemporâneo a esse fantástico grupo suéco, mas o início da minha infância pegou a 'rabeira' da carreira deles (o que já foi suficiente para marcar uma parte da minha vida). E que carreira cheia de pérolas, não é? Lembro de um antigo rádio-relógio que meu irmão mais velho e eu possuíamos, onde escutávamos muitas obras-primas do brega nacional e internacional.

No link, o belíssimo clipe de Mamma Mia, com sua brilhante e dinâmica edição. É muito engraçado, mas analisando as características da época, um bom clipe: http://www.youtube.com/watch?v=WY57jGNCN8Q


É isso aí! "Mamma mia, here I go again".


Abraços!
P.S.: Essas meninas do Abba são (ou eram) maravilhosas! Aff...

segunda-feira, março 03, 2008

Uma dica musical 'procêis'

Fala galera...
Mais um Momento Job Post.

Só pra colocar uma boa dica musical aqui pra vocês: http://www.myspace.com/doisemum
Pow, sonzinho muito bom pra relaxar. E o melhor de tudo: é brasuca!

Bem, essa dica eu peguei no blog Balaio de Gato (link ao lado, nos meus favoritos). Aliás, recomendo este blog como fonte diária de boa informação.

Abraços!


^^

Sou de Santoooos... Hahaha, até parece!


Fala galera.

Momento Job Post.

Apesar de vir trabalhar de segunda a sexta na cidade de Santos, só hoje eu realmente relembrei meus tempos de cidadão santista. A belíssima balsa (obviamente, estou sendo sarcástico), que me trouxe do Guarujá até aqui, atracou em um ponto diferente do que estou acostumado. Daí resolvi fazer um caminho alternativo. Ao invés de pedalar pela praia (que é algo bem relaxante para o começo do dia), fui pela Portuários. Que bela visão! Poeira, asfalto danificado, muitos ciclistas sem a mínima noção de trânsito e caminhões. Aliás, para mim, caminhões são verdadeiros terremotos mecânicos, com alta taxa de poluentes. Quem puder passar por essa avenida, saberá do que estou falando. Bem, depois de pedalar pelos 8 km de ciclovia da Portuários, peguei uma rua à direita e fui embora. Saí na Rodrigues Alves e, logo, estava na parte estranha da Vila Mathias. Isso mesmo, estranha. Até um tempo atrás, eu fazia esse caminho com muita freqüência, depois fiquei em Santos por quase 2 anos.

Depois de reviver este percurso, percebi que eu não troco as belíssimas praias da minha cidade por nenhuma outra do litoral paulista. Santos pode ter o que for, mas meu lar é o Guarujá.

SOU PRAIANO, DE 'BERMA', CAMISETA E CHINELO NO PÉ.


Abraços!


P.S.: Foto da Praia do Tombo, tirada por alguém do alto do morro do Forte dos Andradas.

domingo, março 02, 2008

Como sempre, pensando e tentando relaxar...



Fala galera...

Hoje eu não tenho nada de muito interessante pra escrever (infelizmente, isso está virando rotina). Meu Timão fez o favor de tomar um gol bobo do Porco, e perdeu o clássico deste domingo. Estou um tanto chateado, mas calmo - o que já é um tremendo avanço. E por falar em calma, ultimamente tenho refletido muito e traçado alguns planos. Nada de concreto, apenas planos para um possível futuro. Pequenos detalhes trazem muitas coisas boas para nossa mente. Ontem mesmo eu estava apreciando as belezas da Praia do Tombo, o quintal da minha casa. Quanta energia boa me traz esse tipo de coisa. A natureza ali bem perto de você. A brisa tocando seu rosto, o som invadindo seu espírito. Recomendo a todos uma prática dessas.


Bem, acho que é só isso mesmo. Muita reflexão e pouca definição. Cada dia que passa, boto minha cabeça (que não é nada pequena, hehehe...) ainda mais no lugar, na direção certa. Procurando algo que ainda me falta, em algum lugar do horizonte.


E já que o lance é relaxar, confiram essa belíssima música do acústico do Kiss. Uma baladinha mais que perfeita para todas as horas de reflexão: http://www.youtube.com/watch?v=8kLuDjyNgG8&eurl=http://www.orkut.com/FavoriteVideos.aspx?uid=8896295458339004309


Sintam a música invadir suas vidas. Mentalizem algo bom para seu futuro, para o seu amanhã.


Abraços!



^^

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Eu sobrevivi a mais uma queda livre...



Fala galera...


Aqui estou eu, vivo e serelepe. Depois de um domingo repleto de desafios, posto aqui algumas considerações sobre minha ida ao Hopi Hari. Isso mesmo! Tirei boas conclusões dessa divertida tarde de domingo ao lado dos meus amiguinhos do Guarujá.

A maior de todas as conclusões é que sou um incrível cagão, hehehe... "Piripaque aqui 'tô eu", como eu tenho medo de altura. Mas, como sou folgado e maroto, fui enfrentar esse medo com todo estilo: no elevador, no boomerang e no skycoaster (claro que vocês devem saber que no Hopi Hari os nomes desses brinquedos são outros, mas eu não lembro de porra nenhuma, pois , como eu já disse, estava com um medo do 'caraleo', hahaha). Bem, cagão ou não, tive coragem para me arriscar. Outra conclusão a que cheguei foi de que eu estava precisando descarregar algumas cargas negativas. Nada melhor que fazer isso nas alturas, hehehe... E deu certo; 'tô levinho, levinho (nada a ver com o fato de ser cagão, pois sou apenas um cagão metafórico). Bem, a terceira conclusão foi de que passar momentos como esses ao lado dos amigos é algo impagável. Na foto estão 2 desses amigos, o Baboo e o Cabrinesco. Pela segunda vez, eles me viram dar vexame no skycoaster (a 1ª foi no Playcenter mesmo). Os 'félas' se matam de rir, equanto eu quase morro do coração, hehehe... O Yuri e o Mané, que estavam conosco, também cascaram o bico com minha pífia participação nos brinquedos.


Bem, eu tive inúmeras conclusões a mais, mas não estou com saco, tempo e criatividade para escrever. Em outras postagens farei mais considerações sobre as experiências dessa tarde dominical, hehehe... O fato é que foi bem foda e a estrutura do barato é fenomenal. Valeu muito a pena.


"Hopi Hari, Hopi Hari, ôôôô!!!"


Abraços!
^^

domingo, fevereiro 17, 2008

Não desista dos seus sonhos...



Fala galera...

Cá estou eu, tentando atualizar meu querido blog. Tirando o histórico jogo, de número 5.000, do meu Todo Poderoso Timão (1x1 contra o Bragantino), nenhuma grande notícia. Estou aqui atualizando com base em meus pensamentos, que estão cada vez mais constantes.

Ultimamente andei pensando muito nas fronteiras que separam as pessoas da tão sonhada felicidade. Muitas vezes, deixamos situações tristes nos abaterem, daí nos fechamos para ela, simplesmente pelo medo de sofrer novamente. Eu acho que fiz isso inúmeras vezes nos últimos 2 anos. Sabe, depois de sofrer um bom tempo, resolvi apagar - literalmente - marcas da minha carne. Aproveitei minha vida da melhor maneira possível e, dentro desse novo estilo de vida, acabei cometendo alguns erros. Mas tudo bem, todos cometem erros. Tenho certeza que fiz muito mais coisas certas do que erradas, e conheci muitos amigos de verdade. De tempos em tempos faço essas reflexões e, hoje em dia, tenho pensado que algumas coisas ainda me faltam, só preciso descobri-las primeiro. Mas eu cheguei a uma conclusão, conversando muito nesses últimos dias com uma nova amiga, que compartilha algumas idéias comigo. Concluí que não devemos desistir dos nossos sonhos, como diz uma linda música que recebi esses dias dessa amiga (recomendo: Pimentas do Reino - Não desista dos seus sonhos); sejam eles quais forem. Todos nós nascemos para buscar e alcançar a felicidade.


Bem, então é isso: "NÃO DESISTA DOS SEUS SONHOS. DEUS TEM O MELHOR PARA VOCÊ".



Abraços e fiquem na paz.
P.S.: O desenho é um auto-retrato mesmo, hehe...

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

No calor do vazio...


Fala galera.

Meu, 'tá muito calor hoje. E olha que choveu... choveu gols do meu Timão pra cima do Barras - PI, hehehe... Mas hoje não estou afim de falar de futebol. Sabe aqueles dias em que você sente que falta algo pra você? Caramba, ultimamente tenho sentido isso. Acho que é o velho sentimento de solidão que às vezes bate a porta; pena que ele não traz uma brisa pra refrescar. Sei lá. Paro, penso e reflito: tenho tanta coisa, o que pode estar me faltando? Acho que nada. Mas será?


Caralho, que calor! E nem pra esse sentimento de vazio trazer uma brisa pra refrescar.



Abraços.

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Tá difícil, tá difícil...



Fala galera...

Pow, é bem difícil essa vida de blogueiro, viu? Casseta! Sabe, pelo menos pra mim, um blog tem que ter um bom conteúdo. Independentemente do meu blog ser muito pessoal (quase um diário de menininha de 12 anos, com papel de bombom grampeado na página do 1º beijo, e tudo mais), acho que informação de qualidade sempre é bem-vinda. Pois aí está meu problema: informação de conteúdo. Como saber se o que escrevo está bom? Pow, tem dias que a coisa até vai com vaselina, mas em outros não dá. Já passo o dia inteiro botando a 'caixola' pra funcionar e escrevendo, escrevendo, escrevendo (e olha que quando eu era mais novinho, achava que seria desenhista). Bem, não estou querendo ser chato, mas como esse é meu blog, falo tudo o que penso mesmo, hehehe... E estou ficando viciado nisso!
Se você me visita (eu sei que ainda são poucos), deixe um comentário com sua opinião, mesmo que seja pra me xingar. 'Tá valendo, pelo menos fico sabendo como minhas mensagens estão sendo recebidas.


Bem, depois de tanta lamentação por minha 'broxura mental', o lance é relaxar, literalmente levantar a cabeça e ver se as idéias voltam.


Sentir a brisa e seguir o som. Esse é o barato!


Abraços!



^^

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Bzzzzzz

Fala galera...

Estou aqui postando só pro meu blog não ficar entregue às moscas... Eu até teria muita coisa pra falar: Coringão, mulheres, do meu quase atropelo de hoje, do futebol que joguei de maneira medonha (como sempre). Mas não! Estou revoltado (uuuuuhh)!

Bem, mas é isso aí.
Agora uma frase para refletir: Três curvas à direita te levarão a uma esquerda.

Abraços!

^^

quinta-feira, fevereiro 07, 2008

O caos aéreo (ou orgia?)



Fala galera.

Como eu havia dito, só depois da Quarta-Feira de Cinzas volto a postar algo por aqui. Caramba, estou com uma vontade danada de tirar férias, pegar um avião e fazer uma bela viagem. Se as passagens baixarem de preço, quem sabe eu não vou, né? E por falar em avião, eu estava dando uma olhada em alguns Blogs por aí (depois eu posto uns interessantes, mas já posso ir adiantando o http://www.sedentario.org/, o http://www.mdig.com.br/ e o http://www.jacarebanguela.com.br/) e achei essa pequena sacanagem aérea. PQP! Eu aqui lutando pra pegar uma classe econômica e esses malandrinhos filando uma maminha francesa? Só os pilotos se divertem? Depois que um avião cai, ninguém levanta tal suspeita, né?
Sacanas!





Bem, confiram o vídeo aqui: http://www.totallycrap.com/videos/videos_some_topless_airplane_play/






Bom deleite a todos.


Abraço!

domingo, fevereiro 03, 2008

Ziriguidum!




Pois é. Estamos em pleno Carnaval. Não gosto muito dessa época, mas também não posso negar que consigo tirar algum proveito dela. Corpos suados, bundas pra lá, bundas pra cá. Assim é o clima dessa grande festa, que pára a porra do país.


Bem, Carnaval é tão desdenhado por mim, que nem me sinto inspirado para escrever aqui. Acho que a próxima postagem, agora, só na Quarta-feira de Cinzas, hehehe...


Um abraço e juízo pra todo mundo!!



^^

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Homenagem

Fala galera...
Bem, não poderia faltar uma homenagem ao talento de Ledger.
No link, uma das melhores cenas de sua breve carreira:

http://www.youtube.com/watch?v=IwqURnre5EY


Abraços!

domingo, janeiro 27, 2008

A face obscura do Coringa



Nessa semana, a notícia que mais circulou entre os jornais do mundo foi a da morte do ator australiano Heath Ledger (22/01/2008). Não era para menos. Toda vez que uma jovem estrela do entretenimento morre, os “simples mortais” ficam chocados com a fragilidade do ser humano. Devo confessar que a notícia também me impressionou. Conheci o trabalho desse rapaz da “terra dos cangurus” (ótimo trabalho, diga-se de passagem) num momento em que minha vida dava um verdadeiro pulo (que trocadilho péssimo). Certas coisas estavam acontecendo e apontando para rumos que eu jamais tinha esperado. Tantas coisas aconteceram desse tempo pra cá que, em um determinado momento, me deparei com uma face obscura e misteriosa. Creio que todo mundo deve ter esse lado. Algo que nos empurra em muitas barcas furadas, que nos faz aprender um pouco do sarcasmo da vida, mostrando o humor sádico que as pessoas podem ter. Todos devem passar por isso em algum momento de suas vidas. Podemos dar risada de algumas situações, mas sempre vamos dar de cara com pessoas boas e más; tudo depende do momento em que vamos encontrá-las. Esse pensamento ainda me faz acreditar nas pessoas, ter paciência com elas. Caminhos são escolhidos de acordo com aquilo que vivemos em determinado momento. Assim é a vida: engraçada e misteriosa como uma carta de baralho, sempre nos pregando peças. Assim foi com Leadger, que, como último papel, interpretou o Coringa, famoso vilão dos quadrinhos, de personalidade totalmente conturbada e marcante. O talento do jovem ator se rendeu à loucura que todos nós vivemos, principalmente aqueles que, de alguma forma, são admirados por muitos. Tais acontecimentos e reflexões me fazem lembrar de algumas pessoas que certamente se abalaram com a notícia. Daí eu penso: qual será a próxima cartada da minha vida?

Carne Humana na Telinha



Bem, fazia um bom tempo que eu não atualizava meu blog, né? Espero que agora as atualizações sejam mais constantes e que eu tenha boas coisas para contar.

Pra marcar esse retorno, resolvi falar um pouco de dois temas que fazem parte da minha vida (profissional e pessoal): as pessoas e a TV. No que pode dar tal soma? Atualmente, a melhor forma para fazer tal análise é assistir ao Big Brother; confesso que já dei audiência a esse reality show, mas hoje em dia não consigo mais. O conceito do programa é baseado em um livro escrito em 1948 por George Orwell, intitulado “1984”, uma brincadeira com os números, que remete a um possível futuro. Na visão do autor, as pessoas seriam vigiadas constantemente por um “ser”, algo maior chamado de Big Brother, que, na realidade, seria uma representação do Estado opressor. Bem, daí um maluco leu o livro e teve a idéia de tornar isso em um programa de TV. A coisa deu certo. A diferença é que no livro as pessoas eram vigiadas sem saber, sem poder se defender dessa invasão de suas vidas. No tão famoso programa, as pessoas (aos milhares) se inscrevem para participar do “jogo”, para se expor e mostrar quem realmente são (ou não). Pessoas gostam de saber da vida das outras, pessoas gostam de vigiar as outras – voyerismo -, pessoas vendem suas privacidades por preços bem altos. Além da possível fama, elas conquistam a verdadeira falta de privacidade, falsos amigos e a descoberta de um mundo muito pior do que aquele retratado na obra de Orwell. É, nesse açougue de falsos perfis e ilusões, o ser humano é carne barata.